Telenovela e discurso como mudança social na análise da personagem Maria da Penha em Cheias de Charme

Rosana Mauro, Eneus Trindade

Resumo


Analisa o discurso da personagem Maria da Penha, interpretada pela atriz Taís Araújo, da telenovela Cheias de Charme, de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, por meio da aplicação da Análise Crítica do Discurso (ACD). O objetivo é mapear a representação da personagem enquanto empregada doméstica negra brasileira em ascensão social e verificar se tal representação constitui uma perspectiva de mudança na prática discursiva hegemônica de tal categoria profissional e da mulher negra, de um modo geral. A conclusão geral alcançada é que o discurso mantém-se alinhado com o sistema hegemônico apesar de algumas variações.


Palavras-chave


Telenovela. Brasil. Análise do Discurso. Domésticas. Mudança social. Cheias de CHarme (Telenovela)

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)