Concepção e produção do jornalismo de variedades na mídia impressa: um estudo do caderno Valeviver

Francisco de Assis

Resumo


Esta pesquisa analisa a produção do caderno Valeviver, do jornal Valeparaibano, sediado em São José dos Campos (SP). Tem como objetivo identificar a origem da pauta de variedades, que não se prende às demandas do jornalismo factual, e refletir sobre o a rotina produtiva da seção mais apreciada pelos leitores. Embasada pela teoria do gatekeeper, aponta para as principais características desse tipo de editoria, que reflete muito mais as decisões e preferências da equipe de jornalistas do que, propriamente, a critérios de noticiabilidade.

-

This research analyses the production of the newspaper section Valeviver, of the Valeparaibano newspaper, in São José dos Campos (SP). The main goal is to identify the origins of the guidelines of the varieties section, which is not attached to the demands of factual journalism, and to reflect on the process of production of readers’ favorite section of the newspaper. Based on the gatekeeper theory, it points to the main characteristics of this type of editing, which reflects much more the decision and preferences of the staff than, in the criteria of newsworthiness.

-

Esta investigación analiza la producción del cuaderno Valeviver, del periódico Valeparaibano, con sede en Sao José dos Campos (SP). Tiene como objetivo identificar el origen de la pauta de variedades, que no se prende a las demandas del periodismo factual, y reflexionar sobre la rutina productiva de la sección más apreciada por los lectores. Con base en la teoría del Gatekeeper, apunta a las principales características de ese tipo de editorial, que refleja mucho más las decisiones y preferencias del equipo de periodistas que, propiamente, los criterios de noticiabilidad.


Palavras-chave


Jornalismo de variedades; gatekeeper; Valeviver; Valeparaibano

Texto completo:

PDF HTML




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)