A Construção subliminar do “atraso” no noticiário de El Universal sobre a reforma constitucional venezuelana de 2007

Gláucia da Silva Mendes

Resumo


O presente trabalho analisa a representação construída pelo jornal venezuelano El Universal sobre o projeto de reforma constitucional proposto por Hugo Chávez em 2007. Parte-se da hipótese de que o noticiário reproduz o discurso do “atraso” associado pela ideologia liberal a modelos anti-liberais que vicejaram na América Latina em outros momentos históricos. Para verificá-la, empreende-se uma análise calcada nos fundamentos da escola francesa de análise do discurso. O estudo evidencia que as marcas discursivas majoritárias na cobertura associam à reforma os principais argumentos da ideologia liberal na crítica a modelos anti-liberais. Conclui-se que, ao reverberar esses sentidos, El Universal reproduz, de forma subliminar, o discurso do “atraso”.

Palavras-chave


Jornalismo. Construção da realidade. Ideologia liberal. Governo Hugo Chávez.

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)