TJRS e UniTV são parceiros em Justiça Gaúcha: as estratégias semiológicas de um discurso midiático

Cristiano Tarouco, Maria Lilia Dias de Castro

Resumo


A midiatização é a nova natureza sócio-organizacional da sociedade. Como reflexo disso, os três poderes do Estado têm buscado legitimar sua ações e sua representatividade social através de diversos aportes na mídia eletrônica e virtual. Por meio de pesquisa bibliográfica e aplicação das teorias da enunciação, buscamos verificar como os efeitos de sentido presentes no discurso televisivo são determinantes na tentativa de prospectar um público enquanto promovem o dispositivo. A análise da notícia de lançamento do Justiça Gaúcha, veiculada pelo próprio telejornal, possibilitou a identificação da proposta de um contrato de leitura ao telespectador ancorada em elementos de autorreferencialidade midiática. PALAVRAS-CHAVE: Estratégias de midiatização. Teorias da enunciação. Discurso televisivo auto-referencial. Justiça Gaúcha. UniTV.

Palavras-chave


Estratégias midiatização; Teorias da enunciação; Discurso televisivo auto-referencial; Justiça Gaúcha; UniTV.

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)