Sobre a imperfeição fotográfica: as imagens fixas e seus deslizes de movimento

Elane Abreu

Resumo


Buscamos pensar o estado imagético no qual se situa a obra Pérolas imperfeitas de David Glat. Abordamos a obra a partir dos vestígios de movimento inscritos nas imagens fixas e do estado de “entre-imagens” que nela se instala, propondo-nos a ponderar o lugar da fotografia hoje, ao ser reconfigurada com os dispositivos que tomam forma na arte contemporânea. Com isso, daremos ênfase aos efeitos do fluxo temporal e corporal que a define como obra “fotográfica”. PALAVRAS-CHAVE: Fotografia. Movimento. Entre-imagens. Arte contemporânea.

Palavras-chave


Fotografia. Movimento. Entre-imagens. Arte contemporânea.

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)