Internet e participação política no caso do estado brasileiro: um relato de pesquisa

Francisco Paulo Jamil Almeida Marques

Resumo


Este trabalho tem o objetivo de apresentar a trajetória de uma pesquisa doutoral que examinou os meios e modos através dos quais duas instituições do Estado brasileiro oferecem aos cidadãos oportunidades de participação política empregando a Internet. Mais especificamente, o objetivo da investigação foi fazer uma análise detalhada das formas de uso dos media digitais testemunhadas nos portais da Presidência da República e a Câmara dos Deputados. Em um primeiro momento, os recursos participativos presentes nestas experiências foram inventariados; em seguida, os mecanismos identificados foram considerados quanto às suas características; por fim, estabeleceu-se uma análise qualitativa dos possíveis efeitos que a participação dos usuários gera sobre o processo de produção da decisão política. Concluiu-se que cada uma destas experiências lança mão dos canais digitais de participação de forma sensivelmente díspar, reforçando-se o diagnóstico de que mais importam os modos pelos quais os mecanismos digitais são efetivamente utilizados do que suas potencialidades latentes.


Palavras-chave


Internet. Democracia. Participação. Institução política. Representação.

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)