O Cinema enquanto polissistema: a Teoria do Polissistema como ferramenta para análise fílmica

Rosângela Fachel de Medeiros

Resumo


Partindo da idéia de que a Cultura é um Polissistema composto por outros polissistemas que estão em constante interferência e transformação através de inter e intra-relações, é proposta deste trabalho tornar visível a idéia de um Polissistema cinematográfico. Para tanto, apresenta a Teoria do Polissistema, idealizada por Itamar Even-Zohar a partir das proposições dos Formalistas Russos, para, em seguida, transpô-la para o universo cinematográfico. E a fim de corroborar a utilização da teoria no contexto cinematográfico é proposto um dialogo intertextual desta com as reflexões de Christian Metz acerca do fazer cinematográfico.

 


Palavras-chave


Polissistema. Literatura. Cinema.

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)