O Uso da rede social fragmentada como fonte de referências na prática de Lifestreaming

Sandra Bordini Mazzocato

Resumo


O presente artigo tem como objetivo definir o termo lifestreaming. Processo em que ocorre combinação e compartilhamento de informações referentes a realizações pessoais periódicas na web em um espaço no qual são visualizadas em ordem cronológica, estando a mais recente sempre no topo da tela. Essas realizações pessoais são referentes a ações efetuadas em sites de redes sociais. No presente artigo pretende-se relacionar o compartilhamento de informações no processo de lifestreaming e as características do sujeito pós-moderno. Realiza-se um estudo de caso do ambiente friendfeed para exemplificar como um agregador de lifestreaming pode tornar-se uma fonte alternativa de referências online.


Palavras-chave


Lifestreaming. Sujeito fragmentado. Redes sociais. Friendfeed.

Texto completo:

PDF




Em Questão | ISSN 1808-5245 | EQ no Facebook | EQ no Google Scholar

Classificação Qualis: A2 - Comunicação e Informação; B2 - Ciências Ambientais; B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo; B4 - Sociologia; B5 - Engenharias I.

Programa de Pós-graduação em Comunicação  | Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Rua Ramiro Barcelos, 2705, sala 519 | CEP 90035-007 | Porto Alegre, RS, Brasil | Fone: (51) 3308 2141| E-mail: emquestao @ufrgs.br 

Membro da Associação Brasileira de Editores Científicos 

Signatária do San Francisco Declaration on Research Assessment (DORA)