Efetividade de regimes e proteção à democracia: as respostas do Mercosul aos processos de impeachment no Paraguai e no Brasil

Alexandre San Martim Portes

Resumo


Essa pesquisa teve como objetivo analisar a efetividade do regime de proteção à democracia criado pelo Mercosul. Analisando os processos de impeachment que ocorreram no Paraguai e no Brasil, e a ativação da cláusula democrática em cada caso, um comportamento inconsistente dos membros do grupo é identificável, demostrando pouca efetividade.


Palavras-chave


Mercosul; Regimes Internacionais; Democracia

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.71541



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS