Economia Política do Intervencionismo Estadunidense: Relações entre Estado e Mercado na Mudança de Estrutura das Forças Armadas

João Arthur Reis

Resumo


Este trabalho busca analisar a economia política dos condicionantes do intervencionismo estadunidense que se configurou a partir do final da Guerra Fria. Para tanto, as mudanças na estrutura das Forças Armadas efetivadas desde o fim da Guerra do Vietnã serão observadas sob o viés das relações entre Estado e Mercado.


Palavras-chave


Política de Defesa dos Estados Unidos; Estrutura das Forças Armadas; Economia Política Internacional

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.70428



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS