A Interação Estratégica China-Estados Unidos Envolvendo Taiwan: Elementos Para Uma Análise Atual

Gustavo Henrique Feddersen, Bruno Magno, Athos Munhoz da Silva, João Rodrigues Chiarelli

Resumo


O artigo tem por finalidade apontar elementos para embasar uma análise atual da interação estratégica China-Estados Unidos envolvendo a questão de Taiwan. Para tanto, o estudo parte da análise de quatro casos que podem ser considerados pontos de inflexão na interação entre os países, a fim de traçar padrões de longo prazo que auxiliarão no estudo da situação atual: a Guerra da Coreia, as Primeiras Crises do Estreito, o Reatamento Sino-Estadunidense, e a Terceira Crise do Estreito. Em seguida, sintetizam-se os padrões observados e elencam-se os recentes desenvolvimentos no plano estratégico entre China e Estados Unidos. A conclusão aponta que proliferam elementos que fortalecem a lógica da preempção no Leste Asiático, especialmente no que concerne Taiwan, mas que gestam-se proposições alternativas, como a do Offshore Control.

Palavras-chave


Taiwan; China; Estados Unidos; Interação Estratégica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.59537



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS