Arábia Saudita: sucessão real e intervenção no Iêmen

Alexandre Piffero Spohr

Resumo


No início do ano de 2015, dois importantes eventos afetaram a Península Arábica, alterando os governantes de Arábia Saudita e Iêmen. A morte do rei saudita Abdullah em janeiro pôs fim a um reinado de dez anos, ainda que o monarca governasse desde 1995. Enquanto isso, a rebelião dos houthis no vizinho ao sul derrubou em março o presidente iemenita Hadi, no poder desde 2012. A presente análise de conjuntura busca avaliar os efeitos do processo sucessório em Riad sobre os rumos de sua política doméstica, externa e regional e a assertiva saudita participação na crise desencadeada no Iêmen.

Palavras-chave


Península Arábica; Arábia Saudita; Iêmen

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.54718



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS