Limites e restrições ao desenvolvimento de capacidades militares na Argentina: o impacto estratégico da aliança com os Estados Unidos (1989-1999)

Iván Poczynok

Resumo


O artigo explora o impacto da política de alinhamento aos Estados Unidos durante os governos de Carlos Menem (1989-1995 e 1995-1999) na definição de critérios relativos à organização do sistema de defesa e na concepção das capacidades estratégico-militares do Estado argentino.

Palavras-chave


Forças Armadas; Organização Militar; Capacidades Militares

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.53945



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS