The influence of non-traditional actors in the decision making process of Argentina foreign policy: Pulp Mills and Pascua Lama

María del Pilar Bueno

Resumo


O artigo centra-se na determinação do nível de influência exercida pelos chamados jogadores não-tradicionais no processo de decisão de política externa da Argentina, durante os governos de Néstor Kirchner e Cristina Fernández. Consequentemente estuda dois casos: a construção de fábricas de celulose no rio Uruguai e la mina de ouro Pascua Lama.

Palavras-chave


Influência; Política Externa; Atores não-tradicionais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.33849



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS