VENEZUELA E MERCOSUL: UMA INSERÇÃO VIA BRASIL?

Anatólio Medeiros Arce, Marcos Antonio da Silva

Resumo


Este artigo defende que a inserção da Venezuela ao MERCOSUL tem resultados mais concretos via relação bilateral com o Brasil. Sob o ponto de vista econômico, este contexto é perceptível em diferentes setores da economia, seja no energético, na troca de commodities ou até mesmo em Investimento Estrangeiro Direto (IED), pois a diversificação nas trocas comerciais são mais profundas entre venezuelanos e brasileiros do que com os demais países. Portanto, a intenção inicial da Argentina, de apoio a entrada da Venezuela no MERCOSUL pela via estratégica de amenizar a preponderância brasileira, tomou outros rumos, demonstrando que o Brasil é um dos mais beneficiados com a inserção deste vizinho e a Venezuela já ocupa a segunda posição entre os parceiros do Brasil na América do Sul.

Palavras-chave


Brasil; MERCOSUL; Venezuela;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2178-8839.26393

 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License.

 

Conjuntura Austral - ISSN: 2178-8839

       UFRGS