RELAÇÃO ENTRE O MARKET TIMING E A ESTRUTURA DE CAPITAL DE EMPRESAS DE ALTA TECNOLOGIA: UM ESTUDO USANDO A TEORIA DOS JOGOS

Daniel Fernando Padilha, Tarcísio Pedro da Silva

Resumo


Este estudo teve por objetivo investigar a relação entre o market timing e a estrutura de capital das empresas de alta tecnologia do Brasil e do Chile. A metodologia utilizada na pesquisa caracterizou-se como descritiva, com procedimentos documentais e abordagem quantitativa da questão problema. O método utilizado foi estatística descritiva, correlação de Pearson e de Kendall, além da Teoria dos Jogos. Os dados para análise foram coletados nos relatórios das demonstrações contábeis, disponibilizados na base de dados Thomson®, no período de 2006 a 2013. Os resultados mostraram que a relação entre o índice PER e o número de empresas que elevaram seu capital integralizado não foram correlacionados para evidenciar o comportamento de market timing tanto no Brasil quanto no Chile. A relação entre endividamento de longo prazo e rentabilidade foi positiva, estando de acordo com a teoria de trade-off em ambos os países. A relação entre estrutura de capital e market timing não apresentou correlação por meio da Teoria dos Jogos, pois houve pouca alternância das posições das empresas nos rankings de jogos estabelecidos, indicando que as empresas de alta tecnologia do Brasil e do Chile não apresentam comportamento de market timing no período de 2006 a 2013, ou seja, essas empresas não emitem novas ações quando o preço destas no mercado é elevado.


Palavras-chave


Estrutura de capital; Market timing; Setor de alta tecnologia; Teoria dos Jogos

Texto completo:

PDF


 
 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores

  PROPESQ   PROPESQ    PROPESQ 

  PROPESQ  PROPESQ     PROPESQ

Spell  

 
.........................................................................................................................................................................................................................

ConTexto - Revista do Programa de Pós-Graduação em Controladoria e Contabilidade da UFRGS - E-ISSN: 2175-8751

         UFRGS