CURRÍCULO MUNDIAL E O ENSINO DE CONTABILIDADE: ESTUDO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR BRASILEIRAS E ARGENTINAS

Autores

  • Alfredo Ernesto Erfurth Faculdades Adventistas de Minas Gerais (FADMINAS)
  • Maria José Carvalho de Souza Domingues Fundação Universidade de Blumenau (FURB)

Palavras-chave:

Currículo contábil, Currículo mundial, Ensino de Contabilidade, Isar/UNCTAD/ONU

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi analisar as similaridades e as diferenças dos currículos do ensino de graduação em Ciências Contábeis praticados no Brasil e na Argentina à luz do Currículo Mundial (CM) criado pelo Grupo de Trabalho Intergovernamental de Peritos em Padrões Internacionais de Contabilidade e apresentação de relatórios (Isar), subordinado à Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU). Para alcançar esse objetivo, foi realizada uma pesquisa exploratória, por meio da análise documental aplicada em 18 cursos de graduação em Ciências Contábeis do Brasil e três da Argentina. Por meio da análise de conteúdos das matrizes curriculares e dos planos de ensino das disciplinas oferecidas nos cursos e do teste de médias, foi possível verificar as similaridades e as diferenças entre os currículos dos cursos e o proposto pelo CM. Os resultados mostram que no Brasil existe maior similaridade nas áreas de conhecimento sobre gestão e administração das atividades, contabilidade gerencial, contabilidade básica e estágio. Já na Argentina os conteúdos sobre economia, contabilidade financeira, contabilidade de nível avançado para indústrias especializadas e contabilidade tributária avançada foram as que mostraram maior similaridade com o CM. No entanto, conforme o teste estatístico aplicado, pode-se afirmar que não existe diferença significativa de similaridade entre os currículos do ensino de graduação em Ciências Contábeis praticados no Brasil e na Argentina à luz do CM.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alfredo Ernesto Erfurth, Faculdades Adventistas de Minas Gerais (FADMINAS)

Mestrado (2009) e graduação (2005) em Ciências Contábeis pela FURB. Atualmente sou professor da Faculdade Adventista de Minas Gerais nos cursos de Ciências Contábeis e Administração.

Maria José Carvalho de Souza Domingues, Fundação Universidade de Blumenau (FURB)

Possui graduação em Ciências da Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (1986), mestrado em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (1991) e doutorado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (2003). Atualmente é professora titular da Universidade Regional de Blumenau/FURB. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração de Empresas, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino da administração e contabilidade, formação do administrador e contabillista e gestão universitária.

Downloads

Publicado

2013-04-30

Como Citar

ERFURTH, A. E.; DOMINGUES, M. J. C. de S. CURRÍCULO MUNDIAL E O ENSINO DE CONTABILIDADE: ESTUDO DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS EM INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR BRASILEIRAS E ARGENTINAS. ConTexto - Contabilidade em Texto, Porto Alegre, v. 13, n. 23, p. 47–60, 2013. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/ConTexto/article/view/30444. Acesso em: 24 set. 2022.

Edição

Seção

Artigos