Tensões nos processos de transformação dos espaços religiosos em hospitais públicos

Valdir Pedde, Marcos Iob Boldrini

Resumen


O objeto de nosso estudo são os debates e conflitos ocorridos em torno dos espaços religiosos dos hospitais públicos de Porto Alegre. O objetivo é analisar, do ponto de vista sociológico, os conflitos em torno desses espaços e de que forma os agentes públicos têm administrado e negociado a modelagem desses locais, promovendo sua desconfessionalização. A pesquisa evidenciou uma tendência de desconfessionalização dos espaços religiosos nos onze hospitais públicos de Porto Alegre

Palabras clave


secularização; laicidade; espaços religiosos; hospitais públicos

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-2650.83086