Em nome de Deus ? Religião e Relações Internacionais

Diego Santos Vieira de Jesus

Resumen


Os objetivos são explicar a pouca atenção inicial dada por autores da área de Relações Internacionais à religião, examinar o impacto da maior consideração da religião nessa área pelos seus especialistas a partir da década de 1970 e identificar as formas pelas quais a religião influencia a política internacional. A pouca atenção inicial dada por autores da área de Relações Internacionais à religião está relacionada à predominância da “tese da secularização” nas Ciências Sociais, que sustenta que há uma distinção crescente entre as esferas religiosa e secular, a crença religiosa tornou-se mais apropriadamente consignada à esfera privada e a privatização da religião tornou-se condição indispensável ao desenvolvimento dos sistemas políticos modernos. A maior consideração da religião impacta a área de Relações Internacionais na medida em que os analistas dessa área precisam explorar como a religião define o sentido, a natureza e o resultado da guerra e outros eventos internacionais e, assim, desenvolver arcabouços teóricos mais complexos que superem as limitações das principais teorias de Relações Internacionais. A religião pode influenciar a política internacional na elaboração de normas e princípios em termos de seus parâmetros básicos, jogadores e códigos de conduta que orientam o conflito e a guerra entre unidades políticas no sistema internacional e na ampliação da visão normativa dos principais atores na política internacional para um reconhecimento mais robusto dos direitos humanos. Entretanto, a religião também pode influenciar as identidades e as motivações das pessoas em um conflito, o escopo e a intensidade dos objetivos políticos de um grupo religioso e a natureza transnacional de grupos e comunidades. Em suas perspectivas mais inclusivas, as religiões podem criar lealdades que permitam mais justiça e paz a toda a humanidade e oferecer bases para esforços transnacionais voltados para a melhoria da governança em todos os níveis de interação social.

Palabras clave


Religião; Relações Internacionais; Teoria de Relações Internacionais

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-2650.82786