Comunidades de terreiro na Argentina

Guilherme Dantas Nogueira

Resumen


Busco com o artigo apresentar o modo de funcionamento e o contexto social das comunidades de terreiro na Argentina, o que passa por sumarizar o processo de transnacionalização e consequente fixação das religiões afro-brasileiras desde o Brasil àquele país. Para tanto, recorri à pesquisa de campo com imersão junto à comunidade do terreiro Ilé Nueva Conciéncia, localizado na província de Buenos Aires, assim como a diálogos com diferentes religiosos e visitas a locais de referência/interesse dos religiosos. Demais informações foram recuperadas via pesquisa bibliográfica e contato com outros públicos interessados não apenas na temática afrorreligiosa, mas afrodescendente na Argentina. Comunidades de terreiro e suas religiões resistem a um ambiente social intolerante na Argentina e a um Estado que sustenta o catolicismo como religião do governo, e seguem cultuando seus antepassados e divindades, sendo, ainda, pioneiras na luta contra o racismo naquele país.

Palabras clave


Comunidades de Terreiro; Quimbanda; Umbanda; Batuque.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-2650.80547