A taumaturgia na igreja mundial do poder de deus: magia e pensamento mágico?

Marcelo Lopes

Resumen


Que o neopentecostalismo se utiliza do substrato mágico próprio da matriz religiosa brasileira, não há dúvida. Pesquisadores como Ari Pedro Oro , Antônio Gouvêa Mendonça e Maria das Dores Campos Machado , por exemplo, já trabalharam tal temática sob o escrutínio das Ciências Sociais. Destarte, este breve ensaio tem por escopo trazer novamente à baila, a já bem trabalhada questão da relação entre religião e magia, circunscrita aqui, ao neopentecostalismo da Igreja Mundial do Poder de Deus. A partir do lócus antropológico procuramos verificar, em primeiro lugar, a existência da magia no culto neopentecostal, cujo foco é o papel do pastor-mago no ritual de cura, no qual tais práticas são mais enfaticamente evidenciadas; e, em segundo lugar, procuramos verificar através das evidências etnográficas coletadas em campo, isto é, dos fetiches, o pensamento mágico que perpassa o imaginário simbólico dos fiéis-clientes da IMPD

Palabras clave


Neopentecostalismo; Ritual; Cura; Magia; Pensamento mágico

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-2650.50067