Aflição, conforto e cobrança: uma etnografia das consultas mediúnicas no vale do amanhecer

Amurabi Oliveira

Resumen


Este trabalho tem por objetivo analisar o processo de consulta espiritual, realizado por aqueles que procuram os serviços terapêuticos religiosos do Vale do Amanhecer. Buscamos compreender a consulta como um momento em que o sujeito passa a reelaborar suas aflições – que possuem diversas gêneses – bem como sua própria biografia, de modo que tanto suas experiências anteriores o fazem ressignificar os elementos manipulados no momento ritualístico, como também, a nova experiência religiosa atribuí novos significados a sua aflição. Destacamos ainda como os sujeitos, na medida em que imergem na doutrina religiosa, passam a incorporar novos sistemas classificatórios, que produzem uma reelaboração das aflições vivenciadas pelos sujeitos, ainda que a partir, muitas vezes, de explicações formuladas a posteriori.

Palabras clave


Vale do Amanhecer; Nova Era; Cura Espiritual; Consulta mediúnica.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-2650.49040