As ações sociais da Igreja Universal: Recrutamento e empreendedorismo no A Gente da Comunidade de Belo Horizonte

Nina Rosas

Resumen


Este artigo trata das práticas sociais desenvolvidas pela Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) a partir da análise do programa A Gente da Comunidade, situado em Belo Horizonte. Ressalta-se o requerimento de uma espécie de “atestado de probidade” para balizar o ingresso dos fiéis participantes do programa. Também se evidencia a formação de um ethos empreendedor disciplinado, como consequência do modo de seleção. Através deste exemplo, vê-se que as ações sociais da Igreja Universal são gerenciadas a partir de rubricas de sucesso, que permitem o desenvolvimento de uma assistência improvisada e incipiente, mas que estrutura um dos possíveis mecanismos de mobilidade intraeclesiástica.

Palabras clave


Igreja Universal do Reino de Deus; ação social; A Gente da Comunidade; empreendedorismo

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))


DOI: https://doi.org/10.22456/1982-2650.19963