"Daqui uns tempos é tudo informática": análise de uma experiência nos Anos Iniciais da EJA

Daiane Martins Bocasanta, Tasia Wisch

Resumo


Resumo: Esse trabalho analisa uma experiência pedagógica ocorrida numa escola pública federal, com uma turma de Anos Iniciais da Educação de Jovens e Adultos. Essa experiência surgiu a partir da necessidade que o grupo de estudantes demonstrou, de aprender mais sobre o uso de tecnologias digitais. O referencial teórico que embasa o estudo situa-se nas teorizações pós-estruturalistas. Em aulas semanais de informática foi possível introduzir os alunos ao uso do computador, com a exploração de diferentes recursos. Durante todo ano letivo, foi possível observar o crescente interesse dos alunos pelas aulas, bem como, grandes avanços em suas aprendizagens. Suas falas e a qualidade de suas produções individuais ao final do período, evidenciaram que a prática pedagógica organizada foi importante para que os alunos se sentissem incluídos no mundo atual, que é fortemente ligado à tecnociência.

 

Palavras-chave: Tecnociência; Educação de Jovens e Adultos; Práticas pedagógicas.


Palavras-chave


Tecnociência; Educação de Jovens e Adultos; Práticas Pedagógicas.

Texto completo:

PDF

Referências


AMPARO. Matheus Augusto Mendes. Informática na Educação de Jovens e Adultos: Análise um programa de intervenção a favor da inclusão social e digital. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Presidente Prudente, 2015.

BENDINELI, Lisandra Senra Avancini. A utilização da informática em aulas de matemática na EJA com colaboração de sequências didáticas. Dissertação (Mestrado em Educação em Ciências e Matemática) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo, 2015.

BENSAUDE-VINCENT, Bernadette. As vertigens da tecnociência: moldar o mundo átomo por átomo. São Paulo, SP: Idéias & Letras, 2013.

BOCASANTA, Daiane Martins. Dispositivo da tecnocientificidade: a iniciação científica ao alcance de todos. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Educação, São Leopoldo, RS, 2013.

BOCASANTA, Daiane Martins; WANDERER, Fernanda; KNIJNIK, Gelsa. Educação de jovens e adultos e os conhecimentos tecnocientíficos: analisando as relações entre ciência, tecnologia e matemática. In: Horizontes,[S.I.], v. 34, p. 81-92, dez. 2016. Disponível em: https://revistahorizontes.usf.edu.br/horizontes/article/view/349 . Acesso em: 28 jan. 2017.

CANARIN, Gisele Joaquim. A organização curricular da Educação de Jovens e Adultos na modalidade EAD, na perspectiva da Educação Profissional Técnica de nível médio. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Sul de Santa Catarina, 2013.

DELEUZE, Gilles. Conversações. São Paulo: Ed. 34, 1992.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Organização e tradução de Roberto Machado. Rio de Janeiro: Graal, 2008.

GALLO, Sílvio. Educação menor: produção de heterotopias no espaço escolar. In: RIBEIRO, Paula Regina Costa et al. (orgs.). Corpo, gênero e sexualidade: discutindo práticas educativas. Rio Grande: Editora da FURG, 2007, p. 93-102.

NOGUERA, Carlos. La Gubernamentalidad en Los Cursos del Profesor Foucault. In: Educação & Realidade, Porto Alegre: Faculdade de Educação da UFRGS, v. 34, n. 2, mai-ago. 2009, p.21-34.

PASSERINO, Liliana Maria Passerino; BEZ, Maria Rosangela. (orgs.) Comunicação alternativa: mediação para inclusão social a partir do Scala. Passo Fundo, RS: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2015. Disponível em: http://editora.upf.br/images/ebook/Comunicao_alternativa_SCALA_PDF.pdf




DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.89532