Análise da interdisciplinaridade e transversalidade da educação ambiental no ensino médio da rede pública estadual do Rio de Janeiro: um estudo de caso.

Patrícia Sacramento, Flávia Monteiro de Barros Araujo, Giselle Roças

Resumo


Nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) há um entendimento que a Educação Ambiental (EA) deva ser contemplada em todas as áreas curriculares, além de informar o discurso dos professores, permitindo que todos sejam capazes de perceber a dimensão interdisciplinar e a transversal desse tema. Nas diretrizes curriculares da Rede Pública Estadual de Ensino do Rio de Janeiro detectamos a preocupação com a discussão de questões ambientais. Entretanto, não sabemos como a EA é contemplada no currículo das escolas públicas, nem qual o envolvimento dos professores nessas possíveis ações ambientais. Nesta perspectiva, foi realizado um estudo de caso com uma escola pública de ensino médio, com o objetivo de identificar quais as percepções e vivências que os professores tem acerca do tema.

Palavras-chave


educação ambiental; currículo escolar; ensino médio, interdisciplinaridade.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.4802