O método científico como ferramenta de aprendizagem nos anos finais do ensino fundamental

Cristina Claumann Freygang

Resumo


A atividade foi realizada no período de 2012 a 2013 com alunos das séries finais da EMEF João Paulo I, Canoas/RS. O trabalho foi desenvolvido durante as aulas e também com um grupo de cerca de 20 alunos voluntários de diferentes séries/anos em reuniões quinzenais de 45 minutos em turno inverso. Para atingir os objetivos, o projeto desenvolveu-se em várias etapas, aumentando-se progressivamente o nível de autonomia dado aos alunos. Durante esse período, pôde-se notar uma mudança desses, não apenas com relação à curiosidade, mas com a forma como passaram a relacionar-se com experimentação, tornando-se mais ativos, organizados e questionadores, mas também na postura em sala de aula, com alguns deles passando de alunos-problema para alunos mais atentos e comprometidos com trabalhos e estudos. A desvantagem de trabalhar desta forma é que o grupo de alunos atendidos de forma mais individualizada no turno inverso é pequeno.


Palavras-chave


método científico; experimentação; ciências;

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.44389