O ENEM, nossa responsabilidade como professores e duas tentativas de contribuir com a realidade em que estamos inseridos.

Daniela Favero Netto, Paulo Coimbra Guedes

Resumo


A pesquisa realizada estuda práticas cujos objetivos são contribuir com o aprimoramento da produção escrita de alunos da Educação Básica, com o desenvolvimento da capacidade argumentativa em texto oral e escrito; e, ainda, levá-los a pensar, discutir, problematizar, estabelecer relações e a propor soluções para questões da sua realidade e do mundo, o que contribui, inclusive, com sua boa colocação no ENEM. Uma das práticas corresponde à realização de debate e à subsequente produção textual escrita; a outra, ao estudo de três obras de Shakespeare feito por dez alunos do Ensino Médio e à subsequente realização de um ensaio curto. O estudo sugere que utilizar diferentes recursos de pesquisa, estabelecer relações com conhecimentos prévios e, principalmente, variar práticas, criando-se possibilidades que ultrapassam o currículo regular, são recursos que corroboram com o sucesso de atividades que envolvem adolescentes.


Palavras-chave


práticas de sala de aula; argumentação; ENEM.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.42655