Uma experiência sobre o ensino e aprendizagem de vetores no IFRS com o auxílio do Geogebra.

Rodrigo Silva

Resumo


Esse trabalho apresenta o uso do software Geogebra[1] em uma atividade proposta para o ensino de vetores no plano cartesiano. Trata-se de um conjunto de atividades realizadas com alunos da licenciatura em matemática na disciplina de Geometria Analítica I. Ao realizar as atividades propostas, os alunos demonstraram o desenvolvimento das habilidades características do pensamento matemático tais como formular hipóteses e argumentar para resolver os problemas.

O embasamento teórico para o desenvolvimento da proposta é a teoria dos campos conceituais de Vergnaud, onde mostramos que a apropriação dos conceitos matemáticos envolvidos na aprendizagem dos vetores ocorre devido às representações extraídas das situações propostas em sala de aula pelo professor e pela utilização do ambiente virtual pelos alunos.


[1] Software livre, disponível em http://www.geogebra.org/cms/


Palavras-chave


Ambientes virtuais; Campos conceituais; Ensino de vetores; Tecnologia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.26540