O ensino de línguas estrangeiras no Colégio de Aplicação da UFRGS – destaque para a língua alemã

Rosita Maria Schmitz

Resumo


Este relato trata dos principais movimentos que aconteceram no ensino de línguas estrangeiras no Colégio de Aplicação da UFRGS, especialmente a partir de 2008, com a elaboração de projetos pelos professores da Área de Línguas Estrangeiras do Departamento de Comunicação, principalmente no que se refere à ampliação da carga horária.  A forma como é feita a escolha da língua estrangeira na sétima série do Ensino Fundamental e no Ensino Médio também é abordada.  Apresenta-se, também, os principais objetivos a serem alcançados depois da assinatura de um termo de cooperação entre o CAp e o Goethe-Institut de São Paulo, para incentivar o estudo da Língua Alemã. Nos depoimentos de alunos – nos quais eles justificam sua opção pelo estudo de outro idioma, ressaltando a importância do convênio entre o Colégio de Aplicação e o projeto PASCH, “Escolas: uma parceria para o futuro” – percebe-se o acerto da iniciativa.

 

Palavras-chave: Línguas estrangeiras, Carga horária, Escolas parceiras, Depoimentos


Palavras-chave


Línguas estrangeiras, Carga horária, Escolas parceiras, Depoimentos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.22991