Leitura e escrita na escola: possibilidades e atravessamentos de uma experiência na produção de livro

Jacqueline de Fatima dos Santos Morais, Andrea da Paixão Fernandes, Patrícia Braun, Lincoln Tavares Silva

Resumo


O Instituto de Aplicação Fernando Rodrigues da Silveira – CAp-UERJ – tem, como importante objetivo, o investimento na formação de um cidadão crítico e criativo. Buscamos, para isso, práticas pedagógicas que desenvolvam a leitura e escrita com sentido e uso social real. Tais ações constituem uma das marcas da concepção pedagógica desta Instituição. O projeto de extensão universitária “O livro e a formação do leitor-escritor” visa tornar público, por meio da publicação de textos escritos de vários gêneros literários e imagéticos, a rica produção dos nossos estudantes. Como conseqüência desse investimento, desde o ano de 2004 o CAp-UERJ participa do Projeto Redação, promovido pelo Jornal Folha Dirigida e pela Fundação Biblioteca Nacional. Esse projeto consiste na construção de uma obra literária a cada ano tendo como autores estudantes de educação básica. Em nosso caso, essa parceria possibilita e potencializa a divulgação das produções textuais dos estudantes do 1º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Nosso artigo traz a experiência vivida nestes anos de desenvolvimento de projeto.


Palavras-chave


Leitura; escrita; educação básica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.17851