Educação patriótica como ensino de História

Clarícia Otto, Raquel de Melo Giacomini

Resumo


Este artigo é resultado parcial da pesquisa “História e Educação: investigações sobre a apropriação do conhecimento histórico”, a qual conta com bolsa de iniciação científica PIBIC/CNPq – BIP/UFSC. Com base em 122 entrevistas depositadas no acervo do Museu da Escola Catarinense, em Florianópolis (SC), essa pesquisa busca analisar processos de constituição do saber histórico escolar em Santa Catarina. No entanto, para este artigo, selecionou-se 86 entrevistas, as quais apontam para questões relacionadas ao ensino da história da pátria. Ou seja, o conteúdo dessas entrevistas permite a visualização da produção de um passado comum a um grupo de professores, isto é, a produção de referenciais para o desenvolvimento de atividades escolares em torno de rituais cívicos e de símbolos relacionadas às tradições nacionais. Desse modo, pretende-se destacar a dimensão da história ensinada, inscrevendo-a na interlocução entre a escrita da história e da memória nacionais.

 

 


Palavras-chave


História Ensinada; Festas Cívicas; Santa Catarina

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.15615