Pensando a diferença na escola – possibilidades de um currículo multicultural

Michele Barcelos Doebber

Resumo


O presente artigo trata do desafio de pensar uma proposta pedagógica para crianças, por meio de um projeto de abordagem multiculturalista, que valorize as diferenças e problematize as construções naturalizadas em suas vivências cotidianas. Apresenta o projeto “Descobrindo a Beleza das Nossas Origens”, desenvolvido com o objetivo de resgatar as origens dos alunos e as culturas dos povos dos quais descendem, de modo a permitir que as crianças ressignifiquem a sua história e o seu pertencimento étnico-racial a partir do contato com outros discursos e representações, principalmente dos povos indígenas e africanos. Com o desenvolvimento do projeto pode-se perceber que foi possível operar com alguns deslocamentos nas concepções dos/as alunos/as, assim como gerou maior entendimento e respeito na relação entre eles/as.

 


Palavras-chave


Currículo Multicultural; Diferenças; Identidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2595-4377.10505