A Iniciação Científica como experiência para a escolha profissional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22456/2595-4377.104503

Resumo

A avaliação diagnóstica da fluência em leitura oral é realizada por meio da análise de processos da leitura em voz alta baseado no modelo de leitura desenvolvido por Machado (2018). No projeto de iniciação científica do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe (Codap/UFS) por meio do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica no Ensino Médio (PIBIC-EM), as atividades desenvolvidas atendem à proposta de realizar a edição, a codificação e a transcrição ortográfica dos áudios da leitura em voz alta dos estudantes do 6º ano do Codap/UFS. Este relato de experiência tem o objetivo de mostrar a relação entre a participação neste projeto e a escolha profissional da discente de iniciação científica do ensino médio. Com o envolvimento na pesquisa, a discente relata as contribuições para a formação acadêmica e para o novo olhar para o estudo da Língua Portuguesa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Pereira Gomes Machado, Universidade Federal de Sergipe

Professora de Língua Portuguesa do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe.

Heloísa de Andrade Rodrigues Santos, Universidade Federal de Sergipe

Aluna do 2º ano do ensino médio do Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Sergipe e bolsista voluntária do PIBIC-EM

Downloads

Publicado

2020-12-30