OS DETERMINANTES DAS EXPORTAÇÕES CONVENCIONAIS E DAS CADEIAS GLOBAIS DE VALOR: UMA ANÁLISE EM PAINEL

Matheus Rissa Peroni Ribeiro, Flávio Vilela Vieira

Resumo


O objetivo deste trabalho é investigar empiricamente o desempenho e as
diferenças entre as exportações convencionais e as exportações relacionadas às cadeias globais de valor (CGV) em resposta aos seguintes determinantes: taxa de câmbio
em três conceitos (nível, volatilidade e desalinhamento), efeito renda e as consequências da crise financeira internacional. Para tanto, utilizam-se três métodos de dados
em painel estático e dinâmico para um conjunto de 59 países, no período de 2000 a
2011. Os resultados das estimações confirmam: a) a elasticidade-preço das exportações
relacionadas às CGV são maiores em comparação à elasticidade-preço das exportações
convencionais; b) o aumento da volatilidade da taxa de câmbio possui menores ou
nenhum impacto nas exportações vinculadas às CGV; e c) países com maiores participações a jusante nas CGV estão sujeitos a menores efeitos advindos de um desalinhamento cambial. Além disso, pode-se afirmar que a crise do subprime gerou efeitos
negativos mais proeminentes nas exportações associadas às CGV em relação às exportações tradicionais.

Palavras-chave


Exportações; Cadeias Globais de Valor; Taxa de Câmbio; Análise em Painel

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.91957

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456