ANÁLISE DAS FORMAS DE OCUPAÇÃO E RENDIMENTOS DE HOMENS E MULHERES NAS ÁREAS RURAIS DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL NO PERÍODO 2001-2007

Marcelino de Souza, Carlos Alves do Nascimento, Jefferson Andronio Ramundo Staduto

Resumo


Este trabalho examina as formas de ocupações e fontes de rendas de homens e mulheres das famílias das áreas rurais do Estado do Rio Grande do Sul. Utiliza-se como base as tabulações especiais dos microdados das Pesquisas Nacionais de Amostras de Domicílios (PNADs) do período 2001 a 2007. As estimativas mostraram um aumento importante da participação de homens e mulheres em atividades não agrícolas, principalmente no que se convencionou denominar de “pluriatividade da agricultura familiar”. Em relação à análise dos rendimentos, observa-se que os homens ainda são os maiores responsáveis pela formação da renda familiar, seja do ponto de vista das fontes de renda do trabalho, seja do ponto de vista do conjunto das fontes de renda. Percebe-se que as mulheres ainda têm muito a conquistar para equalizar perante os homens, sua participação na estruturação da renda familiar.


Palavras-chave


Desenvolvimento rural; Gênero; Mulher; Ocupações; Rendas rurais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.9005



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456