EXISTE UMA BOLHA IMOBILIÁRIA NO BRASIL? UMA ANÁLISE TEÓRICA E EMPÍRICA

Assilio Araujo, Fernando Ferrari Filho, Eduardo Bueno

Resumo


Tendo como referência o approach teórico pós-keynesiano, o objetivo do presente artigo consiste em verificar se existe uma bolha imobiliária no Brasil. Para tanto, em um primeiro momento, analisa-se o comportamento de alguns indicadores, que, de acordo com a referida teoria, poderiam sugerir a existência de uma bolha especulativa no mercado imobiliário. Posteriormente, realizam-se alguns procedimentos econométricos a fim de se constatar em que medida o aumento do preço dos imóveis no Brasil está relacionado à alteração de algumas variáveis fundamentais ou à possibilidade de comportamento especulativo por parte dos agentes econômicos no mercado imobiliário. Este estudo apresenta duas conclusões: por um lado, os resultados mostram que os custos de produção e outras variáveis fundamentais não são suficientes para explicar o aumento significativo dos preços dos imóveis no Brasil nos últimos anos; e, por outro lado, o comportamento do crédito, a postura financeira das famílias e as condições gerais da economia corroboram a hipótese da existência de uma bolha no mercado imobiliário.

Palavras-chave


Bolha imobiliária; Teoria pós-keynesiana; Análise empírica

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.54872



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456