PADRÕES DE RELACIONAMENTOS ENTRE GRUPOS DE PESQUISA E O SETOR PRODUTIVO DO BRASIL: UMA ANÁLISE MULTIVARIADA DOS TIPOS DE RELACIONAMENTO POR ÁREA DE CONHECIMENTO

Lucas Teixeira Araújo, Jorge Nogueira de Paiva Britto

Resumo


O artigo tem como objetivo realizar uma análise da interação entre universidade e empresa no sistema nacional de inovação brasileiro pela ótica dos grupos de pesquisa, separado em áreas do conhecimento. Para tanto, são definidos indicadores a partir da técnica de componente principal com o objetivo de analisar as semelhanças e diferenças entre as áreas de conhecimento dos tipos de interação que cubram as particularidades do sistema nacional de inovação brasileiro. A análise realizada demonstra que os tipos de interação são muito diversos para os grupos de pesquisa do Brasil e variam de acordo com a área de conhecimento na qual eles estão inseridos. Os resultados demonstram que a interação no Brasil assume várias formas e é heterogênea nas diferentes ciências. Esse ponto serve para qualificar o sistema de ciência e tecnologia nacional perante suas particularidades, além de guiar políticas que gerem ciclos virtuosos.


Palavras-chave


Interação universidade/empresa; Sistema de ciência e tecnologia; Sistema nacional de inovação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.51885



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456