A CADEIA AGROINDUSTRIAL ORIZÍCOLA DO RIO GRANDE DO SUL

Silvia Helena Galvão Miranda, Gustavo Souza Silva, Maria Aparecida Serigatto Braghetta Motta, Hirina Oliveira Moraes Esposito

Resumo


No Brasil, o arroz é considerado um produto essencial na cesta básica do consumidor, sendo um dos principais alimentos consumidos diariamente pela população. Com o crescimento da produtividade, em 2004 o Brasil tornou-se
autossuficiente na produção do arroz. Contudo, manteve-se como um importador líquido. A importação contribui para manter os preços domésticos em patamares mais baixos. Diante disso, julga-se importante caracterizar os principais agentes da cadeia produtiva, envolvidos na sua produção e comercialização, bem como identificar as variáveis relevantes para a formação de preço no mercado doméstico. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho, com base em levantamentos de campo, é propor uma estrutura para a cadeia do arroz no RS, estado responsável por mais de 50% da produção nacional do produto.

Palavras-chave


Arroz. Cadeia agroindustrial. Rio Grande do Sul.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.5113



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456