ANÁLISE ESTRUTURAL DOS INVESTIMENTOS DO PAC EM INFRAESTRUTURA LOGÍSTICA NO ESTADO DA BAHIA*

Luiz Carlos Santana Ribeiro, Anderson Pereira Viana Leite

Resumo


O objetivo deste artigo é avaliar os impactos econômicos gerados pelos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em infraestrutura logística no estado da Bahia entre o período de 2007 a 2010. Para tanto, o método adotado se baseia na variante do RAS modificado agregado, na qual foi obtida a matriz de insumo-produto do estado, ano base 2006. Assim, tendo em vista que os investimentos públicos em infraestrutura têm efeitos positivos na atividade econômica, infere-se que esses investimentos geraram aproximadamente R$ 7,6 bilhões de aumento do produto na economia, criaram cerca de 54 mil empregos diretos e indiretos e geraram aproximadamente R$ 3,3 bilhões de renda adicional na economia baiana. No entanto, através dos efeitos de vazamento dos investimentos, alguns desses resultados apontaram sérias fragilidades estruturais da economia do estado.


Palavras-chave


Infraestrutura logística. Matriz de insumo-produto. Economia baiana.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.28241



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456