EXPECTATIVA DE VIDA E GASTOS PÚBLICOS EM SAÚDE

Maria Lecticia de Pelegrini, Janice Dornelles de Castro

Resumo


Estudo sobre a correlação entre expectativa de vida e nível de gastos públicos em saúde. Utiliza a base de dados do Banco Mundial (amostra de 179 países nos anos de 2003 a 2007). O modelo delineado utiliza a expectativa de vida em função do log gastos públicos. Os resultados indicam relação significativa entre as variáveis. Na ausência de gastos públicos em saúde, a expectativa de vida é de apenas 49,67 anos. O aumento no gasto público per capita em saúde tem um im- pacto positivo, mas não linear, sobre a expectativa média de vida: para cada dólar de gasto em saúde, há um aumento de 3,93 anos. A expectativa de vida tende a crescer com o aumento dos gastos públicos em saúde. No entanto, o impacto na expectativa de vida depende dos níveis de gastos já existentes em cada país. Onde os gastos públicos são baixos, essa relação tende a ser maior. Nos países com altos níveis de gastos, o aumento dos gastos deverá ser ainda maior para que se verifi- que um impacto significativo na expectativa de vida.


Palavras-chave


Economia da saúde; Financiamento em saúde; Desenvolvimento econômico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.25879



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456