ANÁLISE DA EFETIVIDADE E DA RAZÃO ÓTIMA DO HEDGE DO BOI GORDO E DO CROSS-HEDGE DO BEZERRO NO ESTADO DE SÃO PAULO (2001 A 2010)

Clailton Ataídes de Freitas, William Bottega Alves

Resumo


O trabalho tem por objetivo avaliar a efetividade de uma operação de hedge do boi gordo e de cross-hedge do bezerro no estado de São Paulo como forma de minimizar riscos, utilizando dados referentes ao período de 2001 a 2010. Para tanto, avaliou-se a possibilidade de utilização do mercado futuro da BM&F-Bovespa, através do uso de contratos futuros de boi gordo. Nesse sentido, foram estimados três modelos econométricos: o risco de base do preço para os criadores de boi gordo e de bezerro, a razão ótima de hedge e cross-hedge e a efetividade dos mesmos. Os resultados obtidos pelo primeiro modelo apontaram um risco muito mais elevado para o bezerro vis-à-vis ao do boi gordo. Quanto ao segundo modelo, verificou-se uma razão hedge elevada do boi gordo e uma extremamente baixa para o bezerro. Já para a efetividade, obteve-se um percentual de proteção considerado bom em relação ao boi gordo e baixo para o bezerro.


Palavras-chave


Mercado futuro; Risco de base; Contratos futuros

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.22277



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456