A HISTÓRIA DO CRESCIMENTO ECONÔMICO BRASILEIRO E A RESTRIÇÃO EXTERNA

Veridiana Ramos Carvalho, Ana Carolina Giuberti

Resumo


O trabalho estuda os efeitos das políticas econômicas adotadas no período de 1930-2007 sobre o comportamento das elasticidades-renda das demandas por importação e exportação para a economia brasileira, dentro do contexto da teoria do crescimento sob restrição externa. Com base em um modelo em primeiras diferenças estimado por mínimos quadrados ordinários, o estudo identifica os períodos históricos em que houve quebra nos parâmetros das funções de exportação e importação e os relaciona com as políticas seguidas. Os resultados encontrados permitem concluir que ainda que o crescimento de um país seja restrito pela estrutura do seu comércio externo, essa estrutura pode ser modificada por meio de políticas governamentais.

Palavras-chave


política econômica; crescimento; restrição externa; elasticidade-renda

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.13126



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456