CRESCIMENTO ECONÔMICO E EMISSÃO DE CO2 POR COMBUSTÍVEIS FÓSSEIS: UMA ANÁLISE DA HIPÓTESE DA CURVA DE KUZNETS AMBIENTAL

Jamilsen de Freitas Santos, Elaine Aparecida Fernandes, Alexandre Bragança Coelho

Resumo


A preocupação contemporânea com meio-ambiente instiga questionamentos quanto aos efeitos do crescimento econômico na degradação do ambiente natural e quanto a sustentabilidade do modelo de desenvolvimento. Utilizando uma amostra de 42 anos para 13 países, o presente trabalho verifica que a relação entre crescimento econômico e emissões de gás carbônico tem a forma logarítmica, crescendo a taxas decrescentes. A função obtida é utilizada para prever as emissões brasileiras para as próximas décadas até 2050. Por meio das projeções, é possível inferir que as emissões de combustíveis fósseis no Brasil atingirão um nível insustentável durante a década de 2020, sendo necessário um esforço por parte dos agentes econômicos e públicos no sentido de se adotar medidas para garantir a sustentabilidade ambiental do crescimento econômico nacional.


Palavras-chave


Curva ambiental de kuznets; Combustíveis fósseis; Gás carbônico

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.12439



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456