FATORES DO CRESCIMENTO ECONÔMICO DA VENEZUELA, 1950/1998

Romina Batista de Lucena de Souza, Nali de Jesus de Souza, Augusto Mussi Alvim

Resumo


Este trabalho investiga os fatores do crescimento econômico da Venezuela, entre 1950 e 1998, através de um modelo econométrico. As variáveis explicativas relevantes são as taxas de crescimento das exportações, dos gastos do governo e da formação bruta do capital fixo. O crescimento de 1% das exportações, dos gastos públicos e da formação bruta de capital fixo eleva o PIB, respectivamente, em 0,39%, 0,29% e 0,22%, o que é significativo. São também avaliadas as relações de causalidade entre as variáveis, através de um Vetor Auto-Regressivo. Conclui-se que há bicausalidade entre PIB e formação bruta de capital fixo e entre PIB e as exportações (sendo esta última significativa a 1%). Não há causalidade direta entre crescimento das exportações e da formação de capital com os gastos do governo, mas sim no sentido da formação de capital e exportações e crescimento do PIB com os gastos públicos. O estudo indica que a Venezuela não sofre da doença holandesa; portanto, a renda petrolífera pode estimular ainda mais o crescimento e o desenvolvimento econômico, através de programas específicos.

Palavras-chave


Crescimento econômico. Exportações de petróleo. Recursos naturais. América Latina. Doença holandesa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10895



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456