ANALISE DA EFICIÊNCIA TÉCNICA NA ADMINISTRAÇÃO DOS RECURSOS PÚBLICOS MUNICIPAIS NO RIO GRANDE DO SUL, 1988-2000

Augusto Mussi Alvim, André Carraro, Adelar Fochezatto

Resumo


Este estudo analisa a eficiência técnica na gestão dos recursos públicos municipais no Estado do Rio Grande do Sul. A análise compreende o período após a promulgação da Constituição de 1988, a qual determinou uma maior descentralização dos recursos públicos e uma maior participação dos municípios na prestação de serviços públicos. Para isto, utiliza-se uma abordagem não-paramétrica (método DEA) para determinar o nível de eficiência relativa dos municípios. Em termos gerais, observou-se um incremento da eficiência técnica no período analisado, apesar de ter sido verificado um crescimento da arrecadação e das transferências aos municípios bem como da dívida do setor público municipal. Isto significa dizer que a eficiência cresceu porque o output IDH cresceu relativamente mais que os inputs, que são os impostos e transferências.

Palavras-chave


Administração municipal. Eficiência técnica. Método DEA.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10851



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456