REESTRUTURAÇÃO DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA NO RIO GRANDE DO SUL, DE 1970 A 1996 E UMA ESTIMAÇÃO PARA 2012

Tiago Wickstrom Alves

Resumo


Esse artigo tem como objetivo detectar as mudanças estruturais ocorridas no Rio Grande do Sul, no que se refere à estrutura agrícola, no período de 1970 a 1996 e projetar as alterações que poderão ocorrer até 2012. Esse estudo foi realizado através do método estrutural-diferencial e do modelo de Edwards, Harniman e Morgan. Por essa abordagem, pôde-se verificar, entre as principais atividades agrícolas, as que foram as mais dinâmicas, no período de 1970 a 1996, o impacto desse dinamismo para o crescimento das regiões e o grau de especialização, de cada região, em cada uma das atividades analisadas. Por fim, foi possível constatar que ocorreu uma significativa melhoria das estruturas produtivas na década de 1970 e apôs uma concentração espacial do crescimento.

Palavras-chave


Estrutural-diferencial. Modelo de Edwards, Harniman e Morgan. Crescimento regional.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10813



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456