THE UIP HYPOTHESIS FOR ARGENTINA, BRAZIL, CHILE AND MEXICO WITH THE USE OF THE RATIONAL EXPECTATION HYPOTHESIS: NEW EMPIRICAL EVIDENCE

Jaimilton V. Carvalho, Adolfo Sachsida, Paulo R. A. Loureiro, Tito Belchior S. Moreira

Resumo


A meta deste estudo é testar a paridade de juros descoberta para a Argentina, Brasil, Chile e México no período de Jan./1990 a Dez./2001, com o uso da hipótese de expectativas racionais. Pretende-se também avaliar o grau de mobilidade de capital estrangeiro nestas jurisdições políticas, usando estimativas de Panel Data, com testes de raízes unitárias propostas por Levin e Lin (1992), e Im, Pesaran, e Shin (1997). Os resultados econométricos indicam a rejeição da UIP, no período estudado, para o grupo formado pela Argentina, Brasil, Chile e México. Contudo, a hipótese da UIP não é rejeitada para o grupo da Argentina, Chile e México no período de Jan./91 a Dez./2000.

Palavras-chave


Paridade descoberta de juros. Panel Data. Mobilidade de capital. Teste de raízes unitárias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10811



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456