A CRIAÇÃO DE MUNICIPIOS E SEU IMPACTO NA QUALIFICAÇÃO DO ESPAÇO URBANO

Maria Conceição Barletta Scussel

Resumo


O processo de criação de novos municípios, sob a ótica do seu impacto na produção e qualificação do espaço urbano, é o tema deste trabalho. Com o objetivo de avaliar em que medida se altera a oferta de equipamentos de consumo coletivo, serviços e infra-estrutura em áreas urbanas que adquirem o "status" de cidade a partir de desmembramento municipal, bem como de identificar a repercussão de tais alterações no sistema urbano mais amplo, realizou-se uma análise comparada de dois "cortes" da realidade - antes e depois da emancipação -, buscando a apreensão do processo de passagem de uma situação à outra. Foram tomados como objeto empírico da investigação as sedes de três dos 12 municípios criados no Rio Grande do Sul em 1981-82, examinando a variação ocorrida na oferta de equipamentos de saúde e de educação, abastecimento de água e sistema viário, assim como seus reflexos no desenvolvimento dessas comunidades.

Palavras-chave


Poder local. Descentralização. Emancipação. Municipalismo. Estrutura urbana. Equipamentos. Serviços urbanos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10573



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456