ANÁLISE DA VIABILIDADE ECONÔMICA DA IRRIGAÇÃO DA CULTURA DO MILHO PELO SISTEMA PIVÔ-CENTRAL NO RIO GRANDE DO SUL

Lúcia Maria Schirmer, Juvir Luiz Mattuella

Resumo


O trabalho teve como objetivo avaliar economicamente um sistema de irrigação pressurizado de pivô-central na produção de milho. A análise foi realizada em uma região do estado do Rio Grande do Sul, partindo-se de dados experimentais e estatísticas de precipitações e produtividades. Para avaliar os ganhos econômicos do uso da irrigação, utilizou-se uma função de produção do milho, desenvolvida no setor de hidrologia agrícola do IPH/UFRGS, que simula a produção em função da umidade do solo resultante de precipitação natural. A produção, assim obtida, é comparada com produtividades máximas esperadas com o uso de irrigação de 6,8 e 10 ton/ha. Os resultados obtidos através da relação benefício/investimento foram maiores que zero para as hipóteses de produção máximas, superiores a seis ton/ha, demonstrando a eficiência do uso da irrigação, mesmo em caráter suplementar, em regiões de clima semi tropical.

Palavras-chave


Milho. Irrigação. Sistema pivô-central. Viabilidade econômica. Rio Grande do Sul.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10414



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456