OFERTA E DEMANDA DE FRANGO DE CORTE NO BRASIL

Narciso Gonçalves de Castro, Ricardo Pereira Reis, Antonio João dos Reis, Arnaldo Pereira Vieira

Resumo


Este trabalho teve como objetivo geral o estudo da oferta e demanda de frango de corte no Brasil. Foram utilizados dados de séries temporais referentes ao período de 1972 e 1988 e o modelo analítico baseou-se numa função do tipo Cobb-Douglas. O modelo econométrico para oferta e demanda foi desenvolvido com base num sistema de equações simultâneas e os parâmetros foram estimados com base nos mínimos quadrados em dois estágios (MQ2E). Os principais resultados encontrados foram os seguintes: A elasticidade-preço da oferta de frango de corte é inelástica, enquanto que a da demanda é elástica; os avicultores brasileiros parecem ser mais sensíveis a aumentos nos preços do frango do que a redução nos preços da ração balanceada; as políticas de congelamento de preços implementadas no Brasil têm se mostrado ineficientes diante de demandas elásticas; constatou-se uma relação de substituição entre a carne de frango e as carnes bovina e suína.

Palavras-chave


Frango de corte. Oferta e demanda. Brasil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22456/2176-5456.10413



 
.........................................................................................................................................................................................................................

Indexadores


 PROPESQ  PROPESQ PROPESQ   PROPESQ      PERIÓDICOS UFRGS


 
.........................................................................................................................................................................................................................

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Faculdade de Ciências Econômicas
Revista Análise Econômica
ISSN 0102-9924 / e-ISSN 2176-5456